Casa CB / 2012

Residencial

Ficha Técnica | Casa CB / 2012

Nome: Casa CB

Local: Ipojuca, PE

Área do Terreno: 480,00m²

Área construída: 360,00m²

Autores: João Domingos Azevedo, Rafael Souto Maior, Fábio Belfort

Colaboradores: Edson Muniz, Mariana Câmara, Tomás Toscano

Interiores: João Domingos Azevedo, Fábio Belfort

Luminotécnica: La Lampe

Fotografia: Rafael Souto Maior

Gerenciamento: Solo Engenharia

A casa de veraneio, situada na praia de Toquinho, Município de Ipojuca, teve como partido arquitetônico a linguagem contemporânea e o jogo de volumes brancos retangulares com seus vazios preenchidos por superfícies de vidro. Estes volumes foram dispostos de forma sobreposta, ora apoiado ora em balanço, gerando situações de estabilidade e instabilidade, o que garante percepções diversas para os usuários nos diferentes ângulos.

No pavimento térreo temos dois volumes, um ao oeste que concentra o serviço e cozinha e outro no leste que contem sala de estar e terraço. Entre estes, enquadrada pela esquadria de vidro, fica a entrada principal da casa que emoldura a sala de jantar e escada. Esta entrada social é protegida pelo balanço do volume da suíte máster no pavimento superior.

A claraboia, localizada no vão da escada, fica entre os dois volumes dos quartos do pavimento superior, reforçando o partido volumétrico e dando a ideia de um prisma de vidro que conecta as massas brancas. Inserida neste local estratégico, a escada funciona como um elemento transitório entre o exterior e o interior da edificação, pois ao mesmo tempo em que cria uma barreira visual entre o exterior e a sala de jantar, traz para o interior da residência um jardim de inverno que conecta-se com o verde que ocupa boa parte do terreno. Ao passear pela escada, o morador pode desfrutar de diferentes visadas para o mar e para o rio através da claraboia. Esta foi detalhada com vidro de alta performance e abertura no oeste, protegendo da radiação solar e criando um efeito chaminé que maximiza a ventilação do térreo. Nos dias com menos vento, ou em um jantar mais formal, um sistema de ar-condicionado foi instalado na sala para garantir um conforto extra.

A sutil topografia do terreno não foi ignorada pelos arquitetos, o nível mais baixo da face leste do terreno proporcionou um desnível dividindo a sala de estar da sala de jantar, gerando um pé direito mais alto nesta. A sala de jantar tem como revestimento de suas paredes painéis deslizantes em laca alto brilho amarela, que criam um fundo dinâmico que se transforma ao abrir e fechar de portas. Somado a porta principal laranja, estes são elementos que dão vida e jovialidade a casa, se destacando entre a predominância branca dos volumes.

No pavimento superior as três suítes são divididas entre os dois prismas brancos, separados pela claraboia. A suíte máster no prisma sul, destaca-se não só pelo balanço gerado na volumetria como também pela abertura do banheiro com vista para a ilha de Santo Aleixo. Além destas, existem dois tetos jardins neste pavimento. Ambos são tratados com deck de madeira Cumaru e um paisagismo de bromélias que criam ambientes intimistas e aconchegantes: um privativo dos quartos no leste, e um de uso coletivo no oeste que convida para a vista do por do sol do Rio Aquirá.

-8.585450136330008

-35.04122615466298

Unnamed Road - Enseadinha, Ipojuca - PE, 55590-000, Brasil

http://metro.arq.br/

nuvon